7 Maravilhas – Doces de Portugal: “Pudim de Vila de Rei” e “Mel de Vila de Rei” apurados para as eliminatórias distritais

maravilhas doces

A organização do concurso “7 Maravilhas – Doces de Portugal” deu já a conhecer os 420 doces nacionais apurados, de entre 907 candidaturas, para as eliminatórias distritais. O “Pudim de Vila de Rei” e o tradicional “Mel de Vila de Rei” estão entre os doces selecionados.

De entre as 420 candidaturas apuradas, 21 pertencem ao distrito de Castelo Branco. Um painel de júris e especialistas vai agora reduzir a lista a sete doces por distrito e região autónoma, chegando assim à lista de 140 doces pré-finalistas que poderão depois ser votados pelo público.

O Município de Vila de Rei apresentou três candidaturas de doces ao concurso, com o “Pão-de-Ló da Edite” a juntar-se aos dois já acima mencionados. Os três passaram a primeira fase do concurso, com dois deles a seguirem agora para as eliminatórias distritais.

O “Pudim de Vila de Rei” concorre na categoria de “Doce de Colher e Doce à Fatia”, enquanto que o “Mel de Vila de Rei” faz parte da categoria “Doces de Fruta e Mel”.

O Pudim de Vila de Rei é um doce característico do Concelho de Vila de Rei, criado através de utilização de produtos endógenos da região centro e do próprio Concelho. Utiliza referências locais como o mel, o licor de medronho ou o azeite, acompanhados na sua decoração por flor de laranjeira, tangerineira ou pétalas de rosa.

Mel de urze, com sabor forte, ligeiramente acidulado e de consistência densa, o Mel de Vila de Rei é um dos produtos endógenos do Concelho mais procurado por habitantes e turistas.

Apresenta um tom muito escuro e ambreado, aroma e sabor marcantes, com ligeira adstringência, própria do néctar de urze. De entre as vantagens do seu consumo realçam-se as características anti-inflamatórias e antioxidantes.

Dá nome ao principal certame do Concelho, a Feira de Enchidos, Queijo e Mel, que recebe anualmente milhares de pessoas que procuram propositadamente estes produtos.

Ricardo Aires, Presidente do Município Vilarregense, destaca que “a Gastronomia é, também ela, um dos pontos fortes do nosso Concelho. Os doces Vilarregenses apurados para a próxima fase deste concurso fazem parte deste nosso riquíssimo património gastronómico e, com esta seleção, ganham uma nova projeção e podem dar-se a conhecer a um maior número de pessoas.”

cpcj banco voluntariado  prot civil2 logoPinhalMaior

Esta página requer cookies para o seu bom funcionamento. Para mais informações consulte a politica de privacidade. Politica de privacidade .

Aceitar utilização de cookies
Politica de cookies