Biblioteca Municipal recebe Exposição ‘Florestas para o Futuro’

expo florestas

A Biblioteca Municipal José Cardoso Pires, em Vila de Rei, vai receber, entre os dias 1 e 24 de fevereiro, a Exposição ‘Florestas para o Futuro’, numa iniciativa da Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo.

Ao fomentar uma reflexão abrangente sobre o tema da floresta, espera-se que esta Exposição contribua para a formação da consciência crítica dos cidadãos e das comunidades, sensibilizando as populações para a necessidade de assumirem a prevenção como tarefa de todos e assim também contribuir para a persecução dos «Objetivos para o Desenvolvimento Sustentável» da Agenda 2030 da ONU.

Este projeto foi cofinanciado pelo POSEUR (Programa Operacional de Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos) e pelo Portugal 2020 com o objetivo de alertar e sensibilizar para os incêndios florestais, alterações climáticas e sustentabilidade.
Num contexto das atuais alterações climáticas, a exposição apresenta uma abordagem pedagógica sobre os incêndios florestais, nomeadamente, causas, consequências e estratégias a adotar no futuro.

De 1 a 24 de fevereiro, visite a Exposição ‘Florestas para o Futuro’ de segunda a sexta-feira, das 09h00 às 17h30, na Biblioteca Municipal José Cardoso Pires.

Vila de Rei recebeu a sua décima quarta bandeira de ‘Município + Familiarmente Responsável’

bandeira famil

O Município de Vila de Rei recebeu, no dia 26 de janeiro, a sua décima quarta bandeira de “Município + Familiarmente Responsável”, numa cerimónia realizada no Auditório da Fundação para os Estudos e Formação nas Autarquias Locais, em Coimbra.

Vila de Rei é apenas uma das seis Autarquias a nível nacional que recebem esta distinção desde a sua primeira edição, naquele que é um galardão atribuído pelo Observatório das Autarquias Familiarmente Responsáveis e que, em 2022, distinguiu 95 Municípios nacionais que desenvolveram eficazes políticas de apoio e ajuda às famílias mais numerosas.

Vila de Rei foi um Município pioneiro em muitas medidas de apoio social às famílias e manteve estas políticas como prioritárias ao longo do tempo, com destaque, por exemplo, para medidas como os Apoios à Fixação da População (nascimento, casamento, união de facto, fixação, fertilização in-vitro e aquisição de produtos de puericultura); Cartões Etários com descontos em diversos serviços; lotes, apartamentos e arrendamentos a custos controlados; Creche e Jardim-de-Infância gratuitos (incluindo refeições); Manuais Escolares e Cadernos de Atividades gratuitos para todos os alunos dos Estabelecimentos de Ensino de Vila de Rei; Bolsas de Estudo, de Mérito, de Mérito do Percurso Escolar e Bolsa de Permanência ‘Vila de Rei +’; comparticipação nos custos de deslocação em táxi para os hospitais do Centro Hospitalar do Médio Tejo.

Todos estes apoios podem solicitados através do endereço de correio eletrónico Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. .

A seleção dos Municípios é feita com base em diversos critérios, entre os quais o apoio à maternidade e paternidade, apoio às famílias com necessidades especiais, serviços básicos, educação e formação, habitação e urbanismo, transportes, cultura, desporto, lazer e tempo livre, cooperação, relações institucionais e participação social.

O Presidente da Autarquia Vilarregense Ricardo Aires, destaca que “ano após ano, temos vindo a implementar medidas de âmbito social que apoiam e beneficiam as famílias do nosso Concelho. Essas medidas, cuja importância vemos reconhecida através de importantes distinções como a de ‘Município + Familiarmente responsável’, traduzem-se num um importante auxílio a nível financeiro para as famílias do nosso Concelho, garantindo bem-estar, conforto e qualidade de vida para todos os Vilarregenses e contribuindo para a fixação de pessoas e consequente dinamização da economia local.”

Borda da Ribeira recebeu mais de 350 pessoas na terceira edição do “Festival do Almeirão, Azeite Novo e Pão Caseiro”

almeirao23

A ADRC Borda da Ribeira, Louriceira e Marmoural, com o apoio dos Município de Vila de Rei e Mação, Junta de Freguesia de Vila de Rei e União de Freguesias de Mação, Penhascoso e Aboboreira, organizou, nos dias 28 e 29 de janeiro, a terceira edição do “Festival do Almeirão, Azeite Novo e Pão Caseiro” realizada no Pavilhão Multiusos da Borda da Ribeira.

A iniciativa voltou a repetir o sucesso das edições anteriores, com mais de 350 pessoas a marcarem presença no jantar de sábado e almoço de domingo, tendo a possibilidade de desfrutarem de um Menu Buffet com direito a Sopa de Almeirão e a diversos pratos (carne, peixe e grelhados) onde o almeirão era o acompanhamento de excelência.

O Vice-Presidente da Autarquia Vilarregense, Paulo César Luís, esteve também presente no Festival e não quis deixar a oportunidade de “dar os parabéns à ADRC Borda da Ribeira, Louriceira e Marmoural pelo regresso deste evento à calendarização gastronómica do Concelho. Este Festival tem também a missão de valorizar o nosso património cultural, dando um importante destaque à nossa gastronomia, aos produtos locais e às nossas tradições.”

Por sua vez, o Presidente da ADRC Borda da Ribeira, Louriceira e Marmoural, Bruno Fernandes, agradeceu “a toda a população local, que voltou a unir esforços na preparação e organização deste evento, e que contribuiu fortemente para o sucesso do mesmo.”

GALERIA DE FOTOS

 

CLDS 4G e GNR desenvolveram Atelier sobre ‘Prevenção de Furtos e Burlas’

clds burlas

A edição de janeiro do atelier ‘Na Minha Aldeia’, iniciativa organizada pela equipa do CLDS 4G de Vila de Rei, com o apoio do Município, abordou a temática ‘Prevenção de Furtos e Burlas’ em sete aldeias do Concelho.

A iniciativa foi dinamizada pela GNR a apresentaram como principal objetivo o reforço de comportamentos de segurança, que permitem reduzir o risco dos idosos se tornarem vítimas de crimes, nomeadamente em situações de violência, de burla e furto, procurando garantir melhores condições de segurança e tranquilidade às pessoas idosas. 

As sessões foram desenvolvidas nas aldeias de Casais de Baixo, Borda da Ribeira, Aivado, Fundada, São João do Peso, Vilar do Ruivo e Vale das Casas, juntando um total de 80 participantes.

Curso de Especialização em Promoção de Estilos de Vida Ativos e Saudáveis em Territórios de Baixa Densidade com candidaturas abertas até 10 de fevereiro

formacao desporto

Encontram-se a decorrer, até 10 de fevereiro, as candidaturas para o Curso de Especialização em Promoção de Estilos de Vida Ativos e Saudáveis em Territórios de Baixa Densidade, que começa já em março na Sertã.

Ministrado pela Universidade Coimbra e apoiado pelo PRR, o curso decorrerá de março a julho e estará isento do pagamento de propinas. As candidaturas estão a decorrer até dia 10 de fevereiro em https://apps.uc.pt/courses/PT/course/10164 . Poderão ser obtidas mais informações sobre o curso em: https://ucpages.uc.pt/cursos-nao-conferentes-de-grau/cursos-prr-lfa/promocao-de-estilos-de-vida-ativos-e-saudaveis-em-territorios-de-baixa-densidade/ 

A componente presencial do curso decorrerá nas instalações do SerQ – Centro de Inovação e Competências da Floresta, na Zona Industrial da Sertã. Proporcionará formação complementar na área da promoção da atividade física, do exercício físico e da alimentação saudável, a profissionais de territórios de baixa densidade, com experiência em diferentes contextos socioculturais. Visa o desenvolvimento de competências de promoção de estilos de vida ativos e sustentáveis em territórios de baixa densidade nos domínios da redução do risco global de doença, promoção da saúde mental e do bem-estar, eliminação de disparidades de género e promoção das igualdades de acesso, fomento de conhecimentos e de competências necessárias à promoção do desenvolvimento sustentável e promoção de intervenções locais orientadas baseada em políticas inclusivas.

Dirigido a licenciados das áreas das Ciências do Desporto e da Educação Física e de áreas correlatas, o curso terá a duração de um semestre, em horário pós-laboral, à sexta-feira e sábado, e terá funcionamento também em b-learning. A parte presencial decorrerá na vila da Sertã, no SerQ. O curso é composto por seis unidades curriculares: Políticas de desenvolvimento e de saúde em territórios de baixa densidade; Estilos de vida, comportamentos sustentáveis e alimentação saudável; Sedentarismo e atividade física na saúde e no bem-estar; Dinâmicas de intervenção local numa perspetiva inclusiva; Atividade Física e Exercício em Ambientes Naturais e Projeto de Intervenção comunitária.

Vila de Rei: população mostra sentido solidário com boa adesão à 40ª Colheita de Sangue

doar-sangue-1024x675-1-696x391

O Município de Vila de Rei e o Centro de Sangue e da Transplantação de Coimbra organizaram, ao longo da tarde de 26 de janeiro, a 40ª Colheita de Sangue de Vila de Rei.

Os Vilarregenses voltaram a responder muito positivamente aos apelos para dar sangue, e acederam em bom número a esta iniciativa. No total, deslocaram-se ao Auditório Municipal de Vila de Rei 47 pessoas, resultando em 36 dádivas.

O Presidente do Município de Vila de Rei, Ricardo Aires, aproveitou para “dar os parabéns à comunidade Vilarregense, por uma vez mais demonstrar o seu sentido solidário. Demos mais uma mostra de união com uma grande afluência a este gesto tão importante e altruísta.”

O Município de Vila de Rei e o Centro de Sangue e da Transplantação de Coimbra preparam já a próxima Colheita de Sangue, prevista para o mês de agosto.

cpcj Espaço M  prot civil2 logoPinhalMaior
 GCA Signatories Label 320x150 Logo-Turismo  LogoMT  Logo ePortugal

Esta página requer cookies para o seu bom funcionamento. Para mais informações consulte a politica de privacidade. Politica de privacidade .

Aceitar utilização de cookies
Politica de cookies